Rodrigo Cézar - 24 de Agosto de 2016 - (1654 já leram)

O que é radiação não ionizante, a que é liberada por vários eletroeletrônicos, inclusive telefone celular e tablet

Radiação não ionizante é o tipo de radiação que libera uma quantidade de energia que é insuficiente para quebrar as moléculas de DNA, ou seja, esse tipo de radiação não altera o metabolismo das células, sendo assim não causa danos à saúde.
 
Os fabricantes de telefones celulares e tablets por exemplo, são enfáticos ao afirmaram que a radiação liberada por esses eletroeletrônicos não faz mal a saúde, pelo simples fato deles liberarem radiação não ionizante. Mas porque será que tantos estudos associam uso sem regras e intenso do celular a problemas de saúde?
 
Todos sabem que a bateria desses equipamentos possui o elemento químico Lítio, assim quando o aparelho está ligado, a radiação é liberada para o ambiente, e a pessoa fica durante horas recebendo a radiação liberada pelo aparelho.
 
De forma contraditória, já foram realizados cerca de 100 estudos para mensurar os efeitos da radiação liberada pelo celular no organismo humano, e por incrível que pareça em 93 estudos o uso intenso e sem regras do telefone celular, esteve associado há vários problemas de saúde.
 
Para o estudioso no assunto, o físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, o problema não é o tipo de radiação liberada pelo celular, que realmente não faz mal a saúde, mas sim a combinação dessa radiação com substâncias existentes no organismo, como é o caso dos radicais livres, e esse foi o principal resultado de uma pesquisa realizada por pesquisadores dos Estados Unidos e Ucrânia e apresentada no Programa Fantástico da rede Globo no final do ano passado.
 
O estudioso explica que os radicais livres são substâncias presentes no organismo que se formam a partir da inspiração do gás oxigênio, o organismo humano consegue eliminar parte dessas substâncias, mas não totalmente, e essas substâncias são responsáveis pela oxidação das células, ou seja, elas naturalmente participam do envelhecimento do corpo humano.
 
Dessa forma, para Rodrigo Cézar Limeira os resultados desse estudo foram muito importantes, para mostrar que mesmo sendo inofensiva, a radiação não ionizante combinada com algumas substâncias presentes no organismo, pode explicar realmente se causa mal ou não usar o telefone celular de qualquer forma, e intensamente.
 
O estudioso lembra que mais estudos estão sendo realizados sobre o tema, e que é sempre bom usar o telefone celular seguindo regras e respeitando limites. Ainda não é 100% comprovado que o celular provoca Câncer, e outros problemas de saúde, mas os próprios fabricantes do aparelho defendem seu uso com limitações.
 
Rodrigo Cézar Limeira

 * Formado em Física pela Faculdade Chaffic – São Paulo/SP – 2012, e Físico do NEPEN (Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste) de Julho de 2012 a Março de 2015, coordenando o Espaço Energia(Museu da Eletricidade da Energisa) em Sousa/PB, e desde Dezembro de 2015 é consultor meteorológico da empresa Federal Energia de São Paulo-SP;

(Editor do Portal de Jornalismo Científico‘‘Ciência em Foco‘‘) www.cienciaemfoco.com ;

Palestrante e estudioso da Radioatividade na Telefonia Móvel, Eficiência Energética, Física dos Raios ,Física do Aquecimento Global e Lei da Atração da Física Quântica;

*Formado em Meteorologia (Física de Fluidos Aplicada à Troposfera Terrestre) pela UFCG – Campina Grande/PB – 2006;

*Mestre em Meteorologia (Física de Fluidos Aplicada à Troposfera Terrestre) pela UFCG – Campina Grande/PB – 2008.

* Escritor (poeta) colunista Portais Maispatos.com (www.maispatos.com) e Patos Metrópole (www.patosmetropole.com.br) e Diário do Sertão (www.diariodosertao.com.br) e teve quase 200 artigos jornalísticos publicados no site de notícias Patosonline.com. É membro da AISP (Associação de Imprensa do Sertão Paraibano), e presta assessoria em “Física Aplicada ao Cotidiano” para as rádios de Patos desde 2009, Sousa desde 2012 e Imaculada desde 2016, com 72 entrevistas já concebidas, abordando temas da Física em que é especialista como Meteorologia, Física dos Raios, Física do Aquecimento Global, Eficiência Energética, Radiatividade na Telefonia Móvel e Lei da Atração da Física Quântica. É titular da Cadeira 483 da AVBL – Academia Virtual Brasileira de Letras, Titular da Cadeira 90 do Clube dos Escritores Piracicaba, Titular da Cadeira 22 da Academia Patoense de Letras, tem poesias publicadas em 54 antologias literárias e premiadas em 64 concursos literários, além de integrar inúmeros sites de entidades literárias. É também autor de 33 artigos científicos, tendo sido pesquisador bolsista do Cnpq durante 05 anos. Também lecionou Física durante 05 anos e meio, e Matemática durante 01 ano e meio na rede estadual de ensino do estado da Paraíba.

Publicidade